Cansar-se.

Fotografia: Willi Ronys

Em um instante

pensei em entrar naquele avião sem data de volta

sem tempo

sem hora

sem perspectiva

Sabia que no fundo jamais iria voltar.

 

Aquelas gotas na janela cheiravam a morfina

que anestesiava os sentidos

e coloria meus olhos

lavados pela cortina de água

que me fazia despertar.

 

Maldita.

 

Talvez um dia eu volte,

ou não.

 

Mas não chora…

deixo uma carta,

um sorriso

um bilhete colado no bloco que trarei de um sovenieur qualquer,

como aqueles que se compram aos montes para dar de lembranças aos parentes.

E por que seria diferente?

 

Torça para o correio não atrasar,

mas não se preocupe.

Se um dia eu voltar vai ser para dizer

que sempre estive presente.

Se um dia eu voltar vai ser

nem que seja para ficar

e partir novamente.

 

Não chora,

pois teu choro já foi derramado aqui por vezes

Já chorei pelo mundo

até mesmo quando sorri.

 

A saudade vai ao lado na mesma poltrona

consegue sentir o peso dela em seus ombros?

pois não.

Saudade nada mais é que a companheira da solidão.

 

Carrego as duas comigo..mas quer saber?

Fica com com elas para você.

 

Pois eu?

eu

“cansei-me” de ser.

 

 

Nada será como antes

Je ne sais pas.

*Leli

2 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Raquel Vilardo
    abr 10, 2011 @ 12:52:54

    Suas fotos e suas palavras sempre descrevem sentimentos intensos!
    Gostei mto!

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: