Choveu aí?

Essa chuva um dia ainda engole a Maria.

-“Sai dessa chuva menina, vai pegar pneumonia!”

Parecia que não ouvia.

 

“-Mas e água dá pneumonia? –

O médico ‘dotô’  lá da fazenda dizia que era falta de alegria…”

em tudo acreditava

a pobre da Maria.

 

*

Um dia eu juro

vou fazer chover em mim

mas não para afogar as coisas ruins

nem matar o perfume de jasmim

 

um dia eu juro,

vou fazer chover em mim!

para que as minhas pobre alegrias

(aquelas mesmas das ‘pneumonias’)

virem um rio que nunca tenha fim!

 

(Então faz chover em mim! ^^)

 

 

Nada será como antes.

Já pedi para São Pedro, mas ele saiu de férias..🙂

*Leli

4 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Paul
    abr 13, 2011 @ 00:37:49

    Ah, garota!
    que lindeza de poema, quase infantil, sutil. Você!

    Lindeza pequenina (:

    Responder

  2. dacarpe
    abr 22, 2011 @ 12:21:19

    Que ingenuidade linda. Lindo demais!

    Responder

  3. dacarpe
    abr 22, 2011 @ 23:57:45

    Singelo, era a palavra que eu queria lembrar!
    De novo, lindo!

    Responder

  4. dacarpe
    abr 25, 2011 @ 21:31:29

    Ah, só pra dialogar contigo neste poema lindo (sim, lindo mesmo):

    http://dacarpe.wordpress.com/2010/02/24/o-menino-que-chovia/

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: