Deixa…

Fotografia: Turnley Girlincar

 

Ah,

e se perder a noção do tempo é

perder

eu quero ser.

 

Quero ser aquela que não tem ponteiros

e que aos poucos se desfaz dos erros que cometeu.

Quero ser aquela que finge não ser

como eu…

 

Que se as horas passarem por estarem ocupadas do benígno

eu quero ter.

 

Quero ser aquela

que se perdeu por um bom propósito:

 

o de viver.

 

Nada será como antes

passageiro.

*Leli

1 comentário (+adicionar seu?)

  1. Frederico Latrão
    jun 21, 2011 @ 03:53:45

    Nada se perde quando se perde.
    Beijos!

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: