The doors are open.

Fotografia: Steve McCurry

 

As portas abertas

ao cheiro da rua.

 

Sempre quis sair,

mas com medo de voltar.

 

Quero cansar sandálias que me movam

rumo ao fundo do “muito”.

 

Cansei de ter nada.

Cansei de ser tudo.

 

Quero voar como o som

daqueles pássaros cantantes

me agarrar em suas asas

até sorrir sem sentir dor

 

Quero uma cena de cinema

que jamais fale de amor

 

Que muitas noites do doce inverno

finjam ser feitas de calor

 

quero uma flor

de passarinhos

sem ninhos

de muita cor

 

quero presentes

para compensar

a porta aberta

quando saí para não voltar

 

chinelo em punho

a mãe que chora

pelo menino

que não vai voltar

 

 

não vou voltar

já fui criado

 

só quero ser feliz para sempre.

 

Nada será como antes

Deixei as chaves embaixo do tapete…

*Leli

 

3 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Paul
    jul 19, 2011 @ 00:02:13

    Cansei de ter nada.

    Cansei de ser tudo.

    sei como é isso.

    Responder

  2. dacarpe
    ago 03, 2011 @ 20:32:10

    Quero voar como o som
    daqueles pássaros cantantes
    me agarrar em suas asas
    até sorrir sem sentir dor

    Eu também… Será possível?

    Responder

  3. Frederico Latrão
    ago 05, 2011 @ 22:21:33

    Estamos condenados a querer para sempre.
    Beijos!
    F.L.

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: